Lave as redes, mas não vá embora

LAVE AS REDES, MAS NÃO VÁ EMBORA

Quando chegamos na metade de um mês como esse de janeiro, muitas vezes já estamos frustrados. O motivo é que criamos expectativas que não se realizaram, e como o tamanho da expectativa determina o tamanho da frustração já temos gente muito frustrada no inicio do ano.

Quando amanheceu o dia Pedro estava lavando as redes, frustrado porque não tinha apanhada nada a noite inteira. Na verdade tinha “apanhado” a noite inteira em termos empresariais. Sua empresa não estava bem. Mas foi nessa hora que chegou um jovem Rabino da região pedindo sua ajuda:

– Preciso de um púlpito, há multidão está aqui pra me ouvir, será que poderia usar seu barco para aproveitar o vento que sopra das águas pra terra afim de que minha voz se espalhe e alcance os ouvidos dessa multidão necessitada?
Como você sabe, naquele tempo não tinha som amplificado e Jesus aproveita o silêncio da vida campesina e quando falava nas montanhas usava o eco, e quando na beira do mar usava o vendo a seu favor.
Depois de pregar a Palavra de Vida, disse a Pedro:

– Agora vou abençoar sua empresa, leve o barco mais pra dentro do mar da Galiléia e jogue a rede para o lado direito do barco.

– Senhor pescamos a noite inteira e nada apanhamos. Argumentou o jovem perito em pesca. E acrescentou com fé: – Mas sob tua Palavra jogarei a rede. O milagre aconteceu e Jesus lhe disse: – Farei de ti pescador de coisas mais valiosas e eternas, você será pescador de seres humanos.

Pedro poderia até ter reclamado: “Logo agora que a empresa está bombando?” Mas simplesmente seguiu o Mestre.

Quando enfrentamos a frustração precisamos de duas coisas, a primeira é levantarmos MANASSÉS . Manassés significa esquecer o passado. Quando José está vivendo no Egito ele tem um filho e diz: – Seu nome será Manassés pois Deus me fez esquecer da casa de meus pais e dos meus trabalhos. A melhor maneira de vencer a frustração é esquecer o que deu errado e tirar boas lições.

O segundo que temos a fazer é levantarmos EFRAIM. Efraim significa prosperar em lugar difícil. Porque José teve ali um segundo filho e disse: Deus me fez prosperar na terra da minha aflição.

A primeira quinzena de janeiro se foi, mas ainda tem muito pela frente. Quase um ano inteiro pela frente. Precisamos esquecer a frustração e avançarmos para uma Grande Colheita. Então convidemos o Mestre: – Vem Senhor, entra no meu barco.

  • Vou lavar minhas redes, mas não quero ir embora!
  • Quero tua presença, ela muda uma história
  • Foi depois de uma noite que simão te encontrou
  • Com o barco vazio nenhum peixe apanhou
  • De que valem os planos se me sinto vazio
  • De que valem os sonhos, sem os teus ideais
  • Tudo isso é momento até quando eu ouvir
  • Tua voz me dizendo lance a rede no mar
  • E depois do milagre, eu não quero ir embora
  • Quero viver contigo, senhor, uma nova história
  • Vem! Entra no meu barco, muda minha história
  • Me faça esquecer a noite triste nessa hora
  • Só tua presença pra mim é o bastante
  • Pois de uma coisa eu sei, não serei como antes
  • Oh, Deus de Manassés me faz esquecer
  • Os traumas de uma noite que passei no mar
  • Oh, Deus de Efraim me faz prosperar
  • Tua palavra é o que preciso pra mudar

Anderson Freire – Uma História Contigo


[/su_column] [/su_row]

Arcélio Luis
Siga-me

Arcélio Luis

Ministro do evangelho, formado teologicamente pelo Instituto Betel Brasileiro e casado com Márcia Daniela.

Conferencista e professor de teologia, tendo já ensinado no Stenf e outros seminários. Atualmente é servo do Ministério Colheita Internacional em Teresópolis/RJ, onde reside, cobrindo espiritualmente esse e outros ministérios.

Tem tido oportunidade de estar em diversos países, entre eles:

Ucrânia (parte da antiga União Soviética), Hungria, Áustria, Argentina, Colômbia, Egito, Israel, Alemanha, Suíça, Canadá, Coréia do Sul e outros.
Arcélio Luis
Siga-me

Últimos posts por Arcélio Luis (exibir todos)

About the author: Arcélio Luis

Leave a Reply

Your email address will not be published.