Jesus, o servo de Deus

Jesus, o servo de Deus

Jesus é o maior exemplo positivo em tudo na vida, inclusive no serviço do reino de seu Pai.

Marcos é o evangelista que mais apresenta Jesus como o servo sofredor. O que mais nos chama a atenção, é que Jesus jamais viu o serviço como uma coisa inferior. Mesmo sendo ele Senhor de tudo, resolveu ser servo para a glória do Pai. Jesus nunca deixou de ser verdadeiro Deus, mas passou a ser também verdadeiro homem.

“De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus. Mas aniquilou-se {ou a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens.” (Filipenses 2.5-7)

E como homem, verdadeiro servo. Por isso Ele disse: “O pai é maior do que Eu”. Isaías apresenta Jesus como o Servo do Senhor:

“Eis aqui o meu servo, a quem sustenho; o meu escolhido, em quem a minha alma se compraz; pus sobre ele o meu Espírito, e ele promulgará o direito para os gentios.” (Isaías 42.1)

“Eis que o meu Servo procederá com prudência; será exaltado e elevado e será mui sublime.” (Isaías 52.13)

“Ele verá o fruto do penoso trabalho de sua alma e ficará satisfeito; o meu Servo, o Justo, com o seu conhecimento, justificará a muitos, porque as iniquidades deles levará sobre si.” (Isaías 53.11)

A humildade de Jesus e seu exemplo de vida impressionam a qualquer um. Em João, capítulo 13, Ele se ajoelha e lava os pés dos discípulos, e os discípulos ficam perplexos diante de tal fato, pois o mais humilde dos servos deveria fazer aquilo! Pedro chegou a negar-se permitir tal atitude do Rei dos reis. Mas Jesus insistiu em servi-los e acrescentou: “Vocês não me chamam de Mestre? Fazem bem, pois Eu sou Mestre mesmo! E sendo mestre vos lavei os pés, para vos dar o exemplo, afim de que vocês também lavem os pés uns dos outros”. Jesus sabia que o maior título era o de Servo de Deus, e sabia que um homem nunca é tão grande como quando está de joelhos para servir a Deus. Se alguém quer brigar em uma igreja, deveria ser para servir, e não para ser servido.

Arcélio Luis
Siga-me
Últimos posts por Arcélio Luis (exibir todos)

About the author: Arcélio Luis