FASES NECESSÁRIAS PARA ENTRAR NA PROMESSA DE SER UMA CIDADE AVIVADA

TRISTEZA PELAS CIRCUNSTÂNCIAS

Sucedeu, pois, no mês de Nisã, no ano vigésimo do rei Artaxerxes, que estava posto vinho diante dele, e eu peguei o vinho e o dei ao rei; porém eu nunca estivera triste diante dele. E o rei me disse: Por que está triste o teu rosto, pois não estás doente? Não é isto senão tristeza de coração; então temi sobremaneira. E disse ao rei: Viva o rei para sempre! Como não estaria triste o meu rosto, estando a cidade, o lugar dos sepulcros de meus pais, assolada, e tendo sido consumidas as suas portas a fogo? E o rei me disse: Que me pedes agora? Então orei ao Deus dos céus. (Neemias 2.1-4)

Infelizmente uma cidade antes de viver um grande e verdadeiro avivamento precisa passar por dores e sofrimento. Como está escrito chorem os sacerdotes e ministros do Senhor entre o alpendre e o altar digam ao Senhor, por favor, Senhor: poupe o seu povo, pois as portas do arrependimento conduzem aos salões da alegria.

Na verdade Neemias lamentou por alguns e perguntou ao rei: “Como eu não estaria triste, vendo minha cidade destruída?” O choro pode durar uma noite… ou seja, tem um tempo pra começar e um tempo pra acabar, pois há tempo de chorar e tempo de rir, agora tem sido tempo pra chorar. Mas o melhor de Deus está a caminho.

FÉ ACIMA DAS CIRCUNSTÂNCIAS

DEUS é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia. Portanto não temeremos, ainda que a terra se mude, e ainda que os montes se transportem para o meio dos mares. Ainda que as águas rujam e se perturbem, ainda que os montes se abalem pela sua braveza. (Selá.) Há um rio cujas correntes alegram a cidade de Deus, o santuário das moradas do Altíssimo. Deus está no meio dela; não se abalará. Deus a ajudará, já ao romper da manhã. Os gentios se embraveceram; os reinos se moveram; ele levantou a sua voz e a terra se derreteu. O Senhor dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio. (Selá.) Vinde, contemplai as obras do Senhor; que desolações tem feito na terra! Ele faz cessar as guerras até ao fim da terra; quebra o arco e corta a lança; queima os carros no fogo. Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus; serei exaltado entre os gentios; serei exaltado sobre a terra. O Senhor dos Exércitos está conosco; oDeus de Jacó é o nosso refúgio. (Selá.) (Salmo 46.1-11)

A fé é uma das coisas que resiste a água, a tempestades, a tufões e a terremotos. Sei, agora, que árvores não resistem; pedras gigantes não resistem; montanhas não resistem; e mansões não resistem, mas a fé permanece, a fé é a única coisa que podemos nos segurar como uma âncora que nos mantem, contudo e apesar de tudo.

A vitória que vence o mundo é a nossa fé! (1 João 5.4,5) Sabemos que vencedor é aquele que consegue vencer a dor, por isso se diz: vence + dor.

PROFETIZAR APESAR DAS CIRCUNSTÂNCIAS

E tu, ó filho do homem, profetiza aos montes de Israel, e dize: Montes de Israel, ouvi a palavra do Senhor.  Portanto, ouvi, ó montes de Israel, a palavra do Senhor Deus: Assim diz o Senhor Deus aos montes e aos outeiros, aos rios e aos vales, aos lugares assolados e solitários, e às cidades desamparadas que se tornaram em rapina e em escárnio para o restante dos gentios que lhes estão em redor; portanto, assim diz o Senhor Deus: Certamente no fogo do meu zelo falei contra o restante dos gentios, e contra todo o Edom, que se apropriaram da minha terra, com toda a alegria de seu coração, e com menosprezo da alma, para a lançarem fora à rapina. Portanto, profetiza sobre a terra de Israel, e dize aos montes, e aos outeiros, aos rios e aos vales: Assim diz oSenhor Deus: Eis que falei no meu zelo e no meu furor, porque levastes sobre vós o opróbrio dos gentios. Portanto, assim diz o Senhor Deus: Eu levantei a minha mão, para que os gentios, que estão ao redor de vós, levem o seu opróbrio. Mas vós, ó montes de Israel, produzireis os vossos ramos, e dareis o vosso fruto para o meu povo de Israel; porque estão prestes a vir. Porque eis que eu estou convosco, e eu me voltarei para vós, e sereis lavrados e semeados. E multiplicarei homens sobre vós, a toda a casa de Israel, a toda ela; e as cidades serão habitadas, e os lugares devastados serão edificados. E multiplicarei homens e animais sobre vós, e eles se multiplicarão, e frutificarão. E farei com que sejais habitados como dantes e vos tratarei melhor que nos vossos princípios; e sabereis que eu sou o Senhor(Ezequiel 36.1,4-11)

E a terra assolada será lavrada, em lugar de estar assolada aos olhos de todos os que passavam. E dirão: Esta terra assolada ficou como jardim do Éden: e as cidades solitárias, e assoladas, e destruídas, estão fortalecidas e habitadas. Então saberão os gentios, que tiverem ficado ao redor de vós, que eu, o Senhor, tenho reedificado as cidades destruídas, e plantado o que estava devastado. Eu, o Senhor, o disse e o farei. Assim diz o Senhor Deus: Ainda por isso serei solicitado pela casa de Israel, que lho faça; multiplicar-lhes-ei os homens, como a um rebanho. Como o rebanho santificado, como o rebanho de Jerusalém nas suas solenidades, assim as cidades desertas se encherão de rebanhos de homens; e saberão que eu sou o Senhor(Ezequiel 36.34-38)

Nossas palavras podem destruir ou construir.

O diabo não tem armas, pois foi despojado na cruz.

A igreja tem na sua boca o poder de destruir ou construir. Nosso boca não pode ser para declarar desgraça, mas falar da graça de Deus. Não podemos usar nosso boca para profetizar morte aos governantes, pois eles representam o povo, e quando amaldiçoamos aqueles que governam sobre o povo estamos na verdade declarando maldição sobre o povo. Se declaramos morte então é isso que virá, temos que usar nossa boca para declarar vida e profetizar vida.

Nós evangélicos não podemos fazer coro com aqueles que não conhecem a Palavra de Deus e nem o Deus da Palavra. Veja o que a Bíblia declara sobre os governantes em Romanos 13.1-7.

Toda a alma esteja sujeita às potestades superiores; porque não há potestade que não venha de Deus; e as potestades que há foram ordenadas por Deus. Por isso quem resiste à potestade resiste à ordenação de Deus; e os que resistem trarão sobre si mesmos a condenação. Porque os magistrados não são terror para as boas obras, mas para as más. Queres tu, pois, não temer a potestade? Faze o bem, e terás louvor dela. Porque ela é ministro de Deus para teu bem. Mas, se fizeres o mal, teme, pois não traz debalde a espada; porque é ministro deDeus, e vingador para castigar o que faz o mal. Portanto é necessário que lhe estejais sujeitos, não somente pelo castigo, mas também pela consciência. Por esta razão também pagais tributos, porque são ministros de Deus, atendendo sempre a isto mesmo. Portanto, dai a cada um o que deveis: a quem tributo, tributo; a quem imposto, imposto; a quem temor, temor; a quem honra, honra.

Temos que profetizar vida sobre a morte, reconstrução sobre a destruição, amor sobre o ódio, ajuda sobre a crítica, é hora de ajudar, de agir e nossa boca é uma fonte de vida, declaramos que nossa cidade se erguerá do pó, e será um exército grande  em extremo. Teresópolis nunca mais será como era! Será melhor! Deus sempre nos conduz do bom ao melhor.

RECONSTRUIR O FUTURO AO INVÉS DE SE ENTREGAR PELA DOR DAS CIRCUNSTÂNCIAS

Porque assim diz o Senhor, o Deus de Israel, acerca das casas desta cidade, e das casas dos reis de Judá, que foram derrubadas com os arietes e à espada. Eis que eu trarei a ela saúde e cura, e os sararei, e lhes manifestarei abundância de paz e de verdade. E removerei o cativeiro de Judá e o cativeiro de Israel, e os edificarei como ao princípio. (Jeremias 33.4,6,7)

Temos que passar pelas três fases que a psicologia descobriu, mas que Deus já deixou claro na Bíblia:

1ª) NEGAÇÃO: Trata-se de um momento que ficamos como anestesiados e não aceitamos o que aconteceu, achamos que é um pesadelo e que vamos acordar.

2ª) LUTO: Nesse momento brotam dores indizíveis na alma, choro incontrolável, as vezes profunda tristeza, e até  revolta; a pessoa precisará elaborar o luto e lidar com essa dor que é real, mas não é o fim, pois tudo na vida tem jeito.

3ª) ACEITAÇÃO: É quando a alma, amadurecida pela dor, encontra em Deus, nos amigos e no amor, forças para ir em frente e viver um novo momento com uma nova realidade. A Bíblia declara que há tempo pra chorar, mas também declara que chegará um momento que a pessoa que tem Deus, dirá: Passou o inverno, cessou a chuva e se foi; chegou o tempo de cantar… em nossa terra. (Cantares 2.11-12)

Arcélio Luis
Siga-me
Últimos posts por Arcélio Luis (exibir todos)

About the author: Arcélio Luis